Receba informações por e-mail

segunda-feira, 21 de março de 2011

Japão viela 17 entrega carta ao Minc cobrando esclarecimentos sobre o premio Preto Ghóez

Japão foi procurado por alguns dos premiados que declararam toda sua revolta pelo descaso apresentado até agora pelo MinC. 


Abaixo carta entregue:

Ao


Ministério da Cultura (MinC)

A/C Vossa Senhoria Marta Porto


Referente: Prêmio Cultura Hip Hop 2010 – Edição Preto Ghóez


Prezada Senhora Secretária Marta Porto,

É com grande pesar, que neste ato, representando alguns dos premiados do Prêmio Cultura Hip Hop 2010 – Edição Preto Ghóez (que buscaram em mim, uma ponta de esperança para tentar um esclarecimento junto ao MinC), que eu, JAPÃO VIELA17, rapper, ativista cultural, representante do Movimento Hip Hop, com 20 anos de carreira, e ainda em enorme respeito ao grande ativista que foi Preto Ghóez, venho manifestar o descaso com nossa cultura já tão discriminada, como segue abaixo:

1) Foi publicada no Diário Oficial de, 13 de dezembro de 2010, a relação das iniciativas escolhidas no Prêmio Hip Hop 2010 – Edição Preto Ghóez;

2) O Prêmio foi a primeira ação de fomento e reconhecimento nacional realizado pelo Governo Federal, foram ao todo 135 premiados, em cinco categorias, de todos os estados do País. Onde cada um receberia R$ 13 mil;

3) Tudo perfeito, arte-educadores, rappers, graffiteiros, ativistas culturais, todos se movimentaram para cumprimento integral dos requisitos apresentados e exigidos no Edital de Concurso Público nº 005, de 16 de abril de 2010;

4) Esperanças renovadas nas comunidades, nova chance de fazer acontecer, afinal, poderiam ter recursos para colocar em prática o que já fazem com a garra e determinação, e se virando como podem (mas com recursos financeiros tudo fica mais fácil), ganhadores do prêmio selecionados pensam: ÓTIMO! VENCEMOS MAIS UMA FASE!

5) Os meses se passam, a comunidade tem pressa, afinal, ali ocorrerá mais uma oportunidade pro filho da “Dona Maria” ter uma atividade...pro filho do “Sr Ricardo” sair da profissão “aviãozinho”, sim, profissão! Nas favelas, as ofertas de trabalho não são muitas, e o traficante tem território fácil para semear, e a oficina de RAP uma porta para seu talento, ah...essa está ainda de portas fechadas, é ...muitos talentos desperdiçados...desperdiçados? é!

6) A mesma “Dona Maria” chega no Sr “Premiado” e pergunta: Onde está a sua oficina de arte? Onde está o projeto que prometeu para comunidade? E ele, mais uma vez explica que está dependendo da disponibilidade orçamentária e financeira do MinC...ela sem entender...sai triste e se perguntando porque de tanto descaso?

Façamos valer os objetivos do presente concurso:

I. Divulgar e dar visibilidade às iniciativas culturais do Hip Hop;

II. Valorizar as expressões culturais do Hip Hop no Brasil, por sua influência no modo de vida da juventude;

III. Fortalecer a identidade cultural do Hip Hop;

IV. Estimular ações inovadoras no âmbito do Hip Hop;

V. Incentivar a participação plena e efetiva dos atores e protagonistas do Hip Hop na elaboração e no desenvolvimento de projetos e ações culturais;

VI. Contribuir para o reconhecimento do Hip Hop como elemento importante da cultura brasileira como um todo;

VII. Estimular o intercâmbio entre os agentes do Hip Hop de todo o Brasil e o fortalecimento de suas redes;

VIII. Subsidiar a elaboração de políticas públicas de cultura específicas para o segmento Hip Hop;

IX. Homenagear lideranças e expoentes do movimento Hip Hop no cenário nacional, em especial nesta edição, o rapper Preto Ghóez;

X. Identificar, catalogar e organizar um banco de dados abrangente sobre os agentes e as ações desenvolvidas e apresentadas ao Prêmio, tornando públicos o seu acesso e conhecimento.

Diante desse pequeno relato, venho solicitar esclarecimentos claros, objetivos e prazos reais do repasse do prêmio para que os premiados possam se articular de forma palpável e façam cumprir com os projetos apresentados ao MinC e ainda mais, fazer valer junto as comunidades que esperam com grande esperança.

Atenciosamente.

Japão - Rapper - VIELA 17



fonte  http://japaoviela17.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...