Receba informações por e-mail

Sarau das Ostras


Sarau das Ostras nasceu da ideia que a Ostra é um ser presente na natureza e que vive no mar, essência do moradores do  Litoral. Por outro lado também vemos a Ostra como motivo de cobiça, por parte de exploradores sem escrúpulos, que visam somente o lucro, em busca das pérolas. Estas, por sua vez, são uma  reação do molusco a corpos estranhos que invadem o seu organismo, assim como vermes ou grãos de areia. Nós, a nossa maneira, com o sentimento de reação contra tudo o que nos incomoda, produzimos versos, poemas e letras, muitas de protestos e de conscientização dos problemas de nossa sociedade, estas são as nossas pérolas.

Espaço dedicado aos poetas da periferia
 "Espaço dedicado aos poetas da periferia ,
 mande sua poesia ou texto para ser publicada  no blog".

              Vamos nessa!



                  Se o barato é louco, desse barato eu quero um pouco.              

                  Também sou filho de Deus
                  Preciso resolver problemas meus.
                  Quero ter felicidade na minha insanidade.
                  Quero andar pela calçada.
                  Quero atravessar a rua sem ser atropelado pelo destino.
                  Quero paz no meu coração de menino.
                  Quero chegar em casa e aconchegar-me na asa
                  de quem me espera na esperança de que tudo vai bem.
                  Quero bater o martelo para que a justiça seja feita
                  e que a corda não se arrebente somente do lado mais fraco.
                  Quero sair do buraco onde a vida me jogou.
                  Nele quero plantar uma flor. Um lindo lirio da paz.
                  Por favor, me dê uma chance eu sou capaz.
                  Só não sou igual a toda gente.
                  Meu defeito é ser louco.
                  Não aceitar o que vem pronto.
                  Determinado, mastigado, só faltando engolir.
                  Não quero isso, meu amigo.
                  Quero separar o joio do trigo.
                  Livrar-me do que não presta.Fazer da vida uma festa.
                  Pois é! Meu único defeito é ser louco.
                  E se o barato da vida é louco desse barato eu quero um pouco
                  que dê pra sobreviver.
                  Nunca perder a insanidade.
                  É nela que encontro minha dignidade.
                 Agora peço licença. O sinal esta aberto.
                 Preciso ficar esperto para atravessar a rua.
                 Preciso chegar do outro lado.Não posso ficar parado.
                 Vai dar tudo certo eu  não me engano.
                 A gente se vê por aqui, mano!
  Ludimar Gomes Molina

  
     
            O BARATO É LOKO......

Livres pensamentos que voam sentido os ventos.
As vezes contra o mesmo as vezes para no tempo.
Se o barato é loko meu truta ,vai entender .
A rosa é a flor mais bela mas , tem espinho porque?
Na trilha entre tropeços ,acertos quem compreende?
Você ama quem nunca viu e odeia quem ta presente - é quente.
Desfazem sempre do laço fraterno. palavras jogadas ao vento nunca fez sucesso.
E o acesso , a porta arreganhada para o regresso .
Na selva de concreto são de areia os castelos.
Entre beijos e atritos .Intrigas entre harmonias.
Decide sua caminhada entre a brisa e a neblina.
A fita , é fazer meu papel sem exagero.
Com o puro sentimento ser mensagem e mensageiro.
Para os guerreiros ,na terra triste onde o mal te frustra...
E as lagrimas das ruas no rosto de cada truta.
Oque faz a vida dura sumir do meu semblante.
É o amor que vale mais que o ouro e as crianças meus diamantes.
Constante,meu anti-depressivo são sorrisos.
Que nasce entre ruínas com esses me identifico.
E edifico na rocha todo amor para conosco.
Pois é a luz em meia as trevas o barato é loko.

Péricles Nascimento Conhecido como Pelé(RO3P)  rapper(mc)

 POR ALGUNS MINUTOS

Por alguns minutos só ,vejo a alma maior frustra...
Vivendo as lutas ,que hora bate e hora leva surra.
A injuria de momento em um giro de pensamento.
Mil grau, mil fitas são , mil processos lentos.
Um sentimento meu ,quem expressa é eu e combina com o seu.
Quando a fase favorável se inverteu.
Seu mundão irmão, nunca foi o oposto do que o meu.
Pois o sonho se perdeu  onde o mesmo renasceu.
Inumeras senssações ,diversas decepções.
Cardume de ilusões em um mar de indecisões.
E assim , mescla os perrê , quem te viu mas não vê.
Rosto triste nos rolê ,pensativo só no que? na melhora.
Com tanto desacerto nego chora.
Com a felicidade a fórra o semblante revigora mas...
Ta no mais ou menos, se ta facil nem tanto.
A chama da esperança de muitos ta meio brando.
Tem uma pá de reclamão que põe a culpa em DEUS.
E tem uma pá de sangue bom que sentiu que não perdeu.
Pras cabeças ,vão os frenéticos com instinto makiavélico.
Maratona pro alívio os malotes são energético.
Um neguim magrelo com personalidade.
A postura mais sincera ,prevalece a verdade.
Nascido na COHAB eis um homem contundente.
E vi que a cada 10 maluco ,só uns 2 me entende.

Péricles Nascimento.    Conhecido como Pelé ( RO3P ) Rapper ( mc )


"Enfia o dedo na cara do seu dia, e diz:
hoje eu quero ser feliz, quer você queira, ou não."
      Sérgio Vaz "poeta da periferia"
.

"Pedro" 

Pedro tinha um estilingue
Adorava matar passarinhos 
Hoje Pedro cresceu 
Deixou de lado as coisas de menino 
Hoje,
Hoje Pedro  tem um 38

autor NP

                                                                  Sos

                     Sorriso sóbrio,sofismo sombrio,
                     Sorrateiro soslaio
                     Semblante simplesmente superficial,
                     Situação sufocante sofrimento severo
                     Soldados sádicos saboreiam seu sarcasmo
                     Sofremos submissos sua severidade
                     Senhores senhoras sórdidos sovinas
                     Simbolizam-se superiores
                     Situação secundaria sob sobras ,sobre serras
                     Sem sorte sentimos sensações significantes
                     Sufocados sem suas soluções senadores
                     Somos seres sonhando semelhança
                     Subestimados sem subsídios,
                     Somos sub classe suburbana
                     Segregada  subalimentada subnutrida
                                 Sos ,salvação saída
 Autor NP

                                          Corpos apodrecidos



                            Aqui as rosas estão morrendo necroseadas

                           No tumulo dos cemitérios

                           Onde antes havia pulos de alegria

                           Hoje restaram corpos cortados

                           Por munições traçantes

                           Jorra sangue

                          E a enxurrada que passa leva corpo

                          Não há conforto num barraco com mofo

                          Não há conforto num caixão pra morto

                          Aqui  as rosas choram ao lado dos corpos

                          Nos túmulos dos pobres

                          Nos túmulos dos ricos

                          Porque no final todos os corpos apodrecem
Autor NP
                               
               Pra onde vão os anjos


                             Chama Ritinha pra ver Aninha
                    Pulando amarelinha

                    No inferno não se pisa

                    No céu pode pisar

                    Um tiro ,um grito

                    Aninha caiu sangrando

                    Morreu menina

                    Os anjos vão para o céu

 Autor NP


                                          Quem sou eu

                   
                       Eu sou a escrita feita de dor
                       A árvore carregada de sonho
                       Eu sou a luz,sou as trevas
                       Sou a mãe que amamenta
                       A mão pequena que bate no vidro
                       Eu sou o ladrão que se arrepende
                      O papelão
                      Que aquece o menino na marquise
                      O abutre que espera a ceia
                      Sou tantas coisas
                      Que as vezes nem sei quem sou

 Autor NP

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...