Receba informações por e-mail

domingo, 4 de setembro de 2011

Para os amantes da poesia espero que apreciem mais esse trabalho


                                          Quem sou eu

                   
                       Eu sou a escrita feita de dor
                       A árvore carregada de sonho
                       Eu sou a luz,sou as trevas
                       Sou a mãe que amamenta
                       A mão pequena que bate no vidro
                       Eu sou o ladrão que se arrepende
                      O papelão
                      Que aquece o menino na marquise
                      O abutre que espera a ceia
                      Sou tantas coisas
                      Que as vezes nem sei quem sou

Um comentário:

  1. Mais uma vez mano, mandando uma excelente mensagem.

    tá de parabéns!!!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...